Jesus Culture Curitiba: cobertura completa com fotos exclusivas

0

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Curitiba, a terceira das sete cidades do Brasil a receber o Jesus Culture, esperou com grande expetativa a banda, que não decepcionou em nada o público. O encontro de uma única noite de muita adoração e louvor, chamado de Jesus Culture One-Nights, aconteceu na última segunda-feira, 27 de abril na igreja Bola de Neve na capital paranaense e contou com a participação de 3 mil pessoas.

No início da noite, alguns pastores de Curitiba e região metropolitana, entre eles, o Pr Marciano Ortêncio da Comunidade Alcance e Pr Bigardi da Bola de Neve, oraram pela cidade declarando unção e avivamento. Em seguida, André Aquino, abriu caminho com um período de adoração, para o Pr Banning Liebscher, que trouxe uma Palavra sobre a necessidade de um despertar na nossa geração. “O amor de Jesus é desperto quando você encontra o amor dEle por você!”, disse ele.

Mais do que uma banda, o Jesus Culture é um ministério, que além de contar com o Pr Banning Liebscher, tem Kim Walker-Smith no vocal, Chris Quilala no vocal e guitarra, Josh Fisher na bateria, Jeffrey Kunde na guitarra, Brandon Aaronson no baixo, Ian McIntosh nos teclados, e no violão, Skyler Smith, esposo de Kim. Trata-se de um movimento que tem como objetivo ver cidades salvas e restauradas por Cristo. E isso ficou claro para o público curitibano, que recebeu e correspondeu calorosamente a cada palavra e canção. Às 20:45h o Jesus Culture subiu no palco e cantou grandes sucessos como: Awaken Me, Rooftops, Spirit Break Out, Surrender All, My Everything, Unstoppable Love e Alleluia, a maioria presente no álbum “This is Jesus Culture”, lançado em 2015.

Depois de uma hora de muita música, o Pr Banning reforçou a necessidade de sermos uma geração faminta. Segundo ele, essas noites de adoração existem para que as pessoas saiam dali fazendo com que aquilo que as tocou, alcance outros. E em seguida, Chris Quilala fez uma oração específica pelos músicos, cantores e compositores brasileiros, clamando por uma nova canção, por um som genuíno da nação sendo inspirado pelo céu. Isso reforçou o que ele havia dito no mesmo dia 27 pela manhã, na coletiva de imprensa feita pela banda, na qual o Gospel+ esteve presente e perguntou qual era a visão da banda em relacão a grande quantidade de músicas cristãs americanas traduzidas no Brasil. “Eu acho fantástico o fato que esse país tem sido impactado por canções feitas ao redor do mundo”, disse Quilala, “mas eu creio também que existe um som do Brasil que Deus deseja ouvir. E eu acredito que a medida que os compositores e adoradores brasileiros começarem a compor as suas próprias cancões nós veremos uma mudança muito grande no ambiente da adoração aqui no Brasil. É isso que eu estou ansioso para ouvir. Comecem a compor músicas.” Nessa mesma coletiva, o Jesus Culture anunciou que assim que retornarem aos Estados Unidos iniciarão a produção de um álbum em português.

No final, o Jesus Culture acompanhou André Aquino que cantou Jesus, Meu Primeiro Amor. E a noite foi encerrada em grande estilo com One Thing Remains, Dance e Your Love Never Fails.

Texto: Denise Cortazio / Fotos: Beatriz Hummel

 

Pr Marciano Ortêncio orando pela cidade de Curitiba
Pr Marciano Ortêncio orando pela cidade de Curitiba

jesus_culture_curitiba1

André Aquino
André Aquino

jesus_culture_curitiba4
jesus_culture_curitiba8
jesus_culture_curitiba7
jesus_culture_curitiba5

jesus_culture_curitiba3


jesus_culture_curitiba6
jesus_culture_curitiba2

jesus_culture_curitiba10
jesus_culture_curitiba12
jesus_culture_curitiba11

jesus_culture_curitiba13jesus_culture_curitiba14


Fonte: Gospel Mais

Publicidade

Comentários
Carregando...